Cadastre-se e receba o melhor conteúdo sobre empreendedorismo e franquia:

Obrigado por se cadastrar!
Desculpe, mas algo deu errado. Por favor, tente novamente.

O cliente tem sempre razão! Essa é uma das mais clássicas máximas de mercado. E apesar dessa afirmação ser muito relativa, é fato que as empresas e os empreendedores entendem que ouvir as opiniões dos clientes é uma questão crucial, pois essa simples ação pode atribuir-lhes grande valor.

Perguntar, escutar, dialogar, analisar e tomar decisões com base nos retornos dos clientes deve ser rotina. Por isso, veja as dicas que separamos para ajudar você a compreender como é importante ouvir o cliente antes de tomar decisões! Boa leitura!

Saiba ouvir o cliente antes de tomar decisões

Saiba como abordar o cliente

O cliente é quem mantém as suas contas em dia. Concorda? Então se deseja implementar qualquer melhoria, é essencial estar disposto a escutá-lo. Afinal, ele é a razão de existir de sua empresa.

Mas lembre-se, para obter as respostas que deseja, uma coisa é fundamental: você precisa saber como perguntar ao cliente. E para cada pergunta, você deve ter um objetivo direcionado. Crie um roteiro simples e coerente que lhe ajude a abordar o cliente via SAC, por e-mail, pelas mídias sociais e nos demais canais.

Esteja sempre disposto a ouvir

Ouvir o cliente pressupõe diálogo constante, é uma via de mão dupla. Seja nas Mídias sociais, mensagens de WhatsApp ou abordando o cliente presencialmente, aproveite o momento para captar e compreender os anseios de seus clientes.

Mostre-se próximo, tente perceber que emoções estão relacionadas à aquisição de seu produto ou serviço, capte pontos de melhorias e também busque identificar seus pontos fortes. Ocasiões assim são de grande valor!

Analise as opiniões dos clientes

Essa é uma das partes mais importantes: analisar todas as opiniões recebidas. Você pode começar pelas críticas ou reclamações, depois considerar as sugestões e, por último, os elogios. Lembre-se de fazer isso em equipe para que todos os envolvidos possam opinar e participar das avaliações.

É primordial que a análise seja feita com lucidez, lembrando que nem sempre o que o cliente deseja poderá ser feito pela empresa. O ideal é que tudo o que for detalhado e decidido seja registrado em uma planilha ou um banco de dados para facilitar a tomada de decisões.

Saiba ouvir o cliente antes de tomar decisões 02

E você? Costuma ouvir o seu cliente? Quais lições importantes isso trouxe para o seu negócio? Deixe o seu comentário e conte para nós como tem sido essa experiência!